Mauá
Publicado às 13h42 — 4 de agosto de 2015
Sessão celebra 25 anos da Orquestra de Violeiros

O grupo foi formado dentro da Igreja Nossa Senhora das Vitórias como objetivo de resgatar e valorizar a música sertaneja de raiz

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região
Foto: Gil Sobrinho

Foto: Gil Sobrinho

Um dos bens tombados como patrimônio histórico e imaterial da cidade completou aniversário anteontem (2/8). É a Orquestra de Violeiros de Mauá que chegou aos seus 25 anos de existência. Para celebrar essa data foi realizada na noite desta segunda-feira (3/8) Sessão Solene na Câmara Municipal. A cerimônia contou com a presença do prefeito em exercício Marcelo Oliveira.

“É uma honra estar aqui na condição de prefeito, mesmo que interino, e parabenizá-los por levar o nome dessa cidade com tanto carinho e com trabalho de qualidade”, comentou Marcelo. Quem também esteve presente na Sessão Solene foi o secretário de Cultura, Esportes e Lazer Waldir Luiz da Silva que anunciou a volta do FEVIMA, Festival de Violeiros de Mauá. “Queremos apoiar os talentos da música sertaneja de raiz na nossa cidade sempre nos inspirando no trabalho realizado por vocês”, declarou o titular da pasta.

Outro momento de emoção na solenidade foi a apresentação da dupla Roger e Rogério. Joelson de Moura Franco, o Roger, entrou para a orquestra em 1993, fez parte do grupo por 13 anos e chegou a ser regente. “Tudo o que construí na música devo ao que aprendi na convivência com vocês. É uma honra estar aqui para homenageá-los. Até hoje me tratam com tanto carinho”, destacou.

A orquestra se formou de maneira despretensiosa. Um grupo de aproximadamente 30 amigos da Igreja Nossa Senhora das Vitórias passou a se reunir no salão paroquial para cantar música sertaneja de raiz. Apoiados pelo Padre Fábio Faria de Oliveira, então à frente da comunidade, resolveram adotar o nome de “Orquestra de Violeiros de Mauá”.

Em 2 de dezembro de 1990 foi realizada a primeira apresentação das mais de mil que a simpática orquestra já realizou, seja na cidade, no estado e no país. O grupo cresceu rápido, e em menos de um ano já tinha mais de 100 integrantes, que tocam violões, violas, sanfonas, berrantes, contrabaixo, percussão e outros instrumentos.

Segundo informações extraídas do site oficial, com seis discos gravados a orquestra conta com um repertório variado de músicas sertanejas raiz, entre as quais verdadeiros clássicos como: Saudade de Minha Terra, Menino da Porteira, O Último Julgamento, Chico Mineiro, Cabocla Tereza, Asa Branca, Índia entre outros. Em suas apresentações levam no repertório músicas sacras. O atual presidente é Enéas Alves de Souza e o atual regente principal é José Manoel Lira, que divide a regência com Euclides Volpi dos Santos.

No ano de 2008, a Câmara Municipal instituiu no calendário comemorativo da cidade a data de 2 de agosto como Dia da Orquestra de Violeiros de Mauá. Em 2010, o grupo foi tombado como patrimônio histórico e imaterial pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico de Mauá (Condephaat Ma).

Ainda em comemoração ao Jubileu de Prata, a Orquestra de Violeiros de Mauá preparou uma peça teatral inspirada em motivos do sertão. A apresentação está marcada para sexta-feira (7), a partir das 19h30 na Associação Cultural e Esportiva Nipo Brasileira (rua Mirassol, 113 – Jardim Pedroso). A entrada custa um quilo de alimento não perecível.

Exposição no Museu – Em homenagem à Orquestra de Violeiros de Mauá está em cartaz no Museu Barão de Mauá uma mostra que segue até o dia 8 (sábado). A visitação pode ser feita até sexta-feira (7), das 9h às 16h e no sábado das 10h às 16h. O Museu fica na Av. Dr. Getúlio Vargas, 276, Vila Guarani. Para mais informações o telefone é 4519-4011.

Outros Destaques

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Colunistas

Prosa de peão, de Jerônimo de Almeida Neto

Siga-nos
Destaques
República Terapêutica infanto-juvenil faz mais um ano
Mauá terá clube de leitura Leia Mulheres em Outubro
Atila repassa recursos à APASMA
Revista
Jornal