Mauá
Publicado às 11h44 — 8 de setembro de 2015
Nardini premiado em evento sustentável

8ª edição do Seminário Hospital Saudáveis aconteceu dias 1 e 2/09 no Hospital Sírio Libanês

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região

Nardini Premiado

Assim como no ano passado, o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini de Mauá foi premiado no Seminário Hospitais Saudáveis, organizado anualmente pela Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis. A 8ª edição do evento aconteceu dias 1 e 2 de setembro no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A premiação é concedida por reconhecimento dos benefícios da substituição do produto químico utilizado na desinfecção de aparelhos do Ambulatório e também de materiais da Central de Materiais Esterilizados.

A troca reduziu o risco ocupacional aos trabalhadores, trouxe mais segurança ao paciente e estimulou economia financeira da instituição. A menção honrosa foi recebida pela participação no Prêmio Amigo do Meio Ambiente 2015, a partir do envio do projeto de gestão e gerenciamento de resíduos químicos perigosos.

A substituição do ortoftalaldeído pelo ácido peracético na desinfecção química dos materiais provocou redução de 46 litros/mês na geração de resíduos químicos lesivos. Antes, o volume era descartado na rede de esgoto sem tratamento adequado. A substância utilizada antigamente, além de insalubre, comprova o relato de pacientes em estudos sobre complicações por contato dérmico ou de mucosa com o resíduo do desinfetante. Há ainda casos com formação de biofilme, espécie de conglomerado de bactérias e fungos, que aumenta substancialmente os riscos de contaminação. A economia financeira estimada após a substituição foi de R$ 4.000 por mês.

O estudo para consolidar a mudança foi iniciado pela CME (Central de Materiais Esterilizados) com a desinfecção dos artigos inalatórios. Em seguida, o mesmo método foi adotado no Ambulatório para a desinfecção dos aparelhos de endoscopia e colonoscopia. Todos os profissionais destas áreas foram devidamente treinados pela equipe multidisciplinar. A premiação mais recente do hospital vem ao encontro de inúmeras ações sustentáveis desenvolvidas pelo hospital desde 2013, especialmente após a nomeação da Comissão de Gerenciamento de Resíduos.

“A nossa participação no Projeto Hospitais Saudáveis é mais uma oportunidade de firmarmos o comprometimento em desenvolver ações de promoção à Saúde Ambiental no ambiente hospitalar, garantindo simultaneamente maior segurança aos pacientes, trabalhadores e meio ambiente”, explica a responsável pelos projetos socioambientais do hospital, Ecimara dos Santos Silva.

ADESÃO À REDE – Para aderir a PHS (Projeto Hospitais Saudáveis) o hospital optou por assumir e desenvolver nove objetos que compõem a Agenda Global Hospitais Verdes e Saudáveis. Algumas iniciativas já foram consolidadas e outras constam no Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde, conduzido pela Comissão de Gerenciamento de Resíduos da unidade. Nas metas também constam as tarefas de reduzir consumo de recursos naturais de forma consciente, comprar e oferecer alimentos saudáveis de forma sustentável e promover descarte adequado aos medicamentos. Em 2013, o hospital conquistou o Selo Amigo do Meio Ambiente, reconhecido pela Secretaria de Estado da Saúde.

Entre as iniciativas sustentáveis já consolidadas no hospital estão a substituição dos termômetros e esfigmomanômetro de mercúrio (medidores de temperatura e pressão arterial, respectivamente); implantação do sistema de revelação de imagem diagnóstica digitalizada (sem uso de materiais químicos lesivos ao meio ambiente); implantação da coleta de materiais recicláveis (papel, plástico e papelão) e coleta de pilhas e baterias.

Outros Destaques

Colunistas

Otávio Zaia e o livro “Nóis sabe português”

Colunistas

AVC em crianças

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Siga-nos
Destaques
Jornada Pedagógica de Ribeirão reúne 1.200 professores
Mauá discute melhorias na Saúde
Em congresso, PSB Mauá reelege Israel Aleixo
Revista
Jornal