Acidentes
Publicado às 9h01 — 7 de abril de 2015
Motorista que matou idosa é condenado a prestar serviço

Vladmir Montanari Júnior estava a cima do limite de velocidade e fugiu sem prestar socorro à vítima. Condenação revoltou familiares

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região
Foto Ilustrativa

Foto Ilustrativa

O TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) sentenciou ontem (06) Vladmir Montanari Júnior, de 34 anos, a prestar serviços comunitários pelo acidente de carro que vitimou Lina Ferroni, de 82 anos, em 2013.

O acidente aconteceu enquanto a idosa atravessava a Avenida Dom José Gaspar, em Mauá, e foi atropelada por Vladmir. Segundo a perícia, o carro estava a cima do limite de velocidade. O motorista fugiu sem prestar socorro.

Familiares da vítima se revoltaram, não apenas com a pena branda, mas também porque Vladmir foi pego dirigindo alcoolizado cinco meses após o acidente. Vladmir Montanari Júnior possui seis boletins de ocorrência por lesão corporal, acidente de trânsito e uma condenação por porte de drogas, que também resultou em trabalho comunitário.

Outros Destaques

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Colunistas

Prosa de peão, de Jerônimo de Almeida Neto

Colunistas

Otávio Zaia e o livro “Nóis sabe português”

Siga-nos
Destaques
Vereadores autorizam abertura da CEI da Saúde
Prefeito Atila entrega novos leitos no Nardini
Rio Grande sofre com falta de infraestrutura
Revista
Jornal