Mauá
Publicado às 9h30 — 23 de maio de 2016
UPA Magini é entregue totalmente reformada à população

Unidade já está atendendo desde sábado, agora é a vez da UPA do Jardim Zaíra entrar em obras

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região

Créditos das fotos: Fabiana Pontes/PMM

A Prefeitura de Mauá entregou à população no último sábado (21), a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Magini totalmente reformada. O local recebeu obras estruturais e de manutenção para adequar os espaços em virtude da ampliação de 300 para mais de 500 atendimentos diários. Com a reforma, a Unidade passa, também a ter Farmácia 24 horas.

Inaugurada em março de 2012, A UPA Magini tem área de cobertura abrangendo os jardins Cerqueira Leite, Oratório, Santa Cecília, Silveira, Capuava, Paranavaí, Sonia Maria, Vilas Bocaina e Guarani e Centro. O investimento para a obra foi de R$ 250 mil.

“A unidade foi ampliada e melhorada para atender a população de maneira mais eficiente. Desde que esta UPA abriu, em 2012, o número de pessoas que passam por aqui diariamente quase que dobrou. Essas adequações eram mais do que necessárias”, destacou a secretária de Saúde, Sheila Chaves Serpa.

A UPA Magini tem 1.200 m² e capacidade de oito leitos adultos e três infantis para observação, três de emergência e dois quartos para isolamento. Durante os plantões, o atendimento médico é feito por três clínicos e dois pediatras. Agora terá mais acessibilidade, adequação da recepção e das salas de espera, além de melhorias na sala de Raios X. Também foi feita a manutenção predial, hidráulica e elétrica, além de pintura interna e externa. A humanização da ambiência possibilitou melhores condições de trabalho para os funcionários.

“A questão da saúde pública é emblemática em Mauá, é um de nossos grandes desafios. Nunca fugimos de nossa responsabilidade e deveres com esse tema, e seguiremos atuando para garantir o melhor atendimento possível para toda a população”, destacou o prefeito Donisete Braga.

Mais obras – Com a entrega da UPA Magini, a próxima a entrar em reforma é a do Jardim Zaíra. Assim, os usuários que apresentarem casos de urgência e emergência devem ser levados para as outras três UPAs (Vila Assis, Barão de Mauá ou Magini), que receberão reforço de partes das equipes que trabalham na unidade em reforma para ajudar no trabalho.

Casos menos graves devem ser atendidos nas 23 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. As UPAs atendem às situações mais complexas, como as encaminhadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Enquadram-se nessa categoria desmaio, convulsão, problemas cardíacos e respiratórios, partos, suspeita de derrame cerebral, acidentes de trânsito, quedas, choque elétrico, queimaduras graves, ferimentos com sangramento intenso, mordedura de animais, dores fortes (coluna, peito e abdome), fraturas, ferimentos por armas de fogo e brancas, quadros psiquiátricos em pessoas agressivas, intoxicação e envenenamento.

Outros Destaques

Colunistas

Otávio Zaia e o livro “Nóis sabe português”

Colunistas

AVC em crianças

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Siga-nos
Destaques
Jornada Pedagógica de Ribeirão reúne 1.200 professores
Mauá discute melhorias na Saúde
Em congresso, PSB Mauá reelege Israel Aleixo
Revista
Jornal