Mauá
Publicado às 10h05 — 19 de junho de 2017
Mauá capacita servidores em projeto de R$ 4,8 mi
Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região

servidores

A Prefeitura de Mauá iniciou projeto de capacitação de servidores públicos de carreira para operação de software que visa otimizar a gestão pública da cidade. O projeto é uma parceria com a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

De acordo com o coordenador de planejamento estratégico do projeto, Marco Rocha, a ideia é se preparar para etapas de um, quatro e dez anos. “A forma de fazer isso é a gestão integrada, que é um trabalho em que os recursos da Prefeitura trabalham para a execução deste planejamento, de forma conjunta”, explicou.

Segundo ele, uma das formas que irão permitir que aconteça essa integração é justamente o investimento na capacitação e na aplicação de uso de plataforma digital, com os servidores, que vai ser usada. O software vai fornecer para o governo a possibilidade de acompanhar o desenvolvimento de tudo, sejam obras ou serviços da Prefeitura, em tempo real, desde licitação até a intervenção finalizada. “Esse aplicativo foi usado na execução das obras da cidade olímpica (do Rio de Janeiro)”, ressaltou Marcos Rocha.

A implantação da medida vai durar 36 meses e vai custar aos cofres públicos de Mauá R$ 4,8 milhões, durante todo esse período. Serão, inicialmente, 40 servidores capacitados, dois de cada secretaria e autarquia. “(Por exemplo) Na área de Educação uma creche vai ser construída. O projeto começa com um convênio e termina com a obra. Todo esse processo, que é longo, vai ser acompanhado por esse grupo de trabalho. O objetivo é conseguir cumprir os prazos e entregar o mais rápido possível, para não perder dinheiro nem o convênio. Além de ser mais eficiente na prestação de serviço público”, justificou o coordenador.

O secretário de Governo de Atila Jacomussi (PSB), João Gaspar (PCdoB), disse que a proposta é feita com servidores de carreira para que as ideias não se acabem depois deste governo. “(Isto está sendo feito com servidores que prestaram concurso) Para prolongar o projeto”, comentou o titular da Pasta de Governo.

Em 2015, funcionários públicos da Prefeitura de Mauá passaram por curso de capacitação ministrado pelo CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico). Foram 30 servidores de diversas secretarias que participaram de palestra para implementação do PMAT (Plano de Modernização Administrativa e Tributária), que contava com recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Foram R$ 54 milhões em investimentos do BNDES e R$ 6 milhões de contrapartida municipal.

Por Felipe Siqueira – Especial para o Diário

Outros Destaques

Colunistas

Otávio Zaia e o livro “Nóis sabe português”

Colunistas

AVC em crianças

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Siga-nos
Destaques
Jornada Pedagógica de Ribeirão reúne 1.200 professores
Mauá discute melhorias na Saúde
Em congresso, PSB Mauá reelege Israel Aleixo
Revista
Jornal