Mauá
Publicado às 16h13 — 4 de agosto de 2017
Mauá ganha Faculdade de Medicina

Curso da Uninove oferece 50 vagas e duas bolsas integrais para moradores da cidade

Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região
Uninove

O Prefeito Atila Jacomussi articulou para que o campus pudesse ser aberto ainda neste ano. Fotos: Roberto Mourão/PMM

O campus da Faculdade de Medicina da Uninove em Mauá já tem data para começar as atividades. As inscrições para o processo seletivo estão abertas no site da Universidade (www.uninove.br) e vão até o dia 21 de agosto – a taxa é de R$ 90. As aulas estão previstas para terem início a partir de setembro.

Nesta primeira turma serão 50 alunos, que receberão aulas na Rua Alvares Machado, 48, na Vila Bocaina. Desse total, dois alunos receberão bolsas integrais para cursar Medicina na cidade, voltadas para estudantes de baixa renda.

A chegada do curso já neste semestre faz parte de esforços feitos pelo prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, que articulou para que o campus pudesse ser aberto ainda neste ano. A expectativa inicial era de que os cursos fossem oferecidos apenas a partir de 2018. Entre os pedidos feitos especialmente pelo prefeito Atila, estão ainda o de que a universidade fosse instalada em uma área central e o de que os funcionários contratados fossem, em sua maioria, moradores da cidade.

“É uma grande alegria ver esse sonho se tornar realidade. Lutamos muito para que esse acordo fosse fechado e com a qualidade de vida e respeito pelos moradores da cidade. Queremos garantir melhoria de vida e oportunidades iguais para todos. Esse é o nosso compromisso com a população”, diz Atila.

A portaria que autoriza a parceria entre a Prefeitura de Mauá e a Uninove foi publicada quarta-feira (2/8) no Diário Oficial da União. Segundo o acordo, fechado por meio de parceria pelo Programa Mais Médicos, os alunos terão acesso à rede pública de Saúde do município para estágio já a partir do primeiro semestre de curso.

O edital determina ainda que a instituição de Ensino Superior repasse de 6% do valor arrecadado com as mensalidades dos alunos à Prefeitura. O montante será utilizado para manutenção e zeladoria de equipamentos da Saúde, entre os hospitais, UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

Os alunos passarão por estágio supervisionado oferecendo serviços a diferentes equipamentos de saúde municipal, de acordo com o semestre cursado. O Hospital Nardini será usado como Hospital Escola, oferecendo mais opções de especialidades e auxiliando assim a melhorar atendimentos e zerar filas de espera que existam atualmente na cidade. As unidades de saúde da cidade e o Programa Saúde da Família também serão atendidas pela parceria.

Outros Destaques

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Colunistas

Prosa de peão, de Jerônimo de Almeida Neto

Siga-nos
Destaques
República Terapêutica infanto-juvenil faz mais um ano
Mauá oferece oficinas culinárias especiais em outubro
Santa Casa de Mauá adere à Campanha Outubro Rosa
Revista
Jornal