Ribeirão Pires
Publicado às 9h12 — 2 de fevereiro de 2016
Saulo entrega via pavimentada

Rua Ernesto Molon no Bosque Santana recebeu asfaltamento

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região

Saulo Entrega

O prefeito Saulo Benevides (PMDB) entregou no último sábado mais uma via pavimentada no bairro Bosque Santana. A rua Ernesto Molon recebeu asfaltamento e sinalização. A rua estava há anos com buracos o que prejudicava o tráfego de veículos.
“Nós pedimos para vários políticos que estiveram aqui e não fomos atendidos. Eram só promessas. Desta vez falaram e cumpriram. Moro no bairro há 30 anos e sei o quanto é importante esta obra”, comentou Adilson Aparecido.

A rua Ernesto Molon foi pavimentada através de emenda do Governo Estadual com recursos de R$ 150 mil. Na cerimônia estavam presentes além do prefeito, a equipe de secretariado municipal e munícipes do bairro.

Saulo aproveitou para falar das obras que estão em andamento e que trarão desenvolvimento para a cidade. “No bairro também foi instalada uma Academia ao Ar Livre e temos diversos serviços sendo realizados como a operação tapa buraco”, disse.

Entre as ruas atendidas na operação tapa buraco: ruas Nazareno Romaldini e Monteiro Lobato. Vale destacar que o serviço de capinação do município é um trabalho contínuo e está no cronograma de serviços da Secretaria de Infraestrutura Urbana.

O secretário de Obras, José Carlos Agnelo comenta: “É mais uma importante obra que estamos entregando hoje. Nós acompanhamos todo o processo e todo projeto concluído nos traz esse sentimento de missão cumprida com a população”.

Vale informar que outras vias da cidade recebem melhorias como a Avenida Valdírio Prisco que será pavimentada no sentido bairro- centro (Via que é de terra) e terá extensão até a UPA (sentido Centro-bairro). As intervenções de abertura da via já foram iniciadas. A obra contribuirá para o projeto de mobilidade urbana da cidade facilitando o tráfego de veículos.

A obra do viaduto que interligará centro ao Centro Alto, que teve contrato assinado na última semana, será interligada com a Avenida Valdírio Prisco.  Esta semana deve ser expedida o ordem de início dos serviços. Atualmente a cidade é dividida pela ferrovia e conta com apenas duas travessias nos extremos da área central: ponte da Vila Ema, na altura da entrada do bairro Vila Gomes, e outra, que passa por baixo da linha férrea, localizada na Avenida Kaethe Richers, sentido Rio Grande da Serra.

O Projeto de transposição da via férrea e adequação viária do entorno dá início com o alargamento da avenida. O prazo de execução da obra é de 24 meses. O prazo de vigência do contrato será de 36 meses contando da assinatura do contrato. O recurso de R$ 55,9 milhões é proveniente do PAC Mobilidade e virá do Orçamento Geral da União (OGU).

Entenda a obra do viaduto

A obra começará pela Avenida Prefeito Valdírio Prisco, onde foi projetado obras de contenção no Rio Ribeirão Pires, necessárias para a implantação do viaduto que faz a ligação entre esta avenida e a Rua Humberto de Campos. A presença do viaduto e da ponte estaiada se fazem imprescindíveis devido a passagem de via férrea e do rio Ribeirão Pires entre a avenida Prefeito Valdírio Prisco e Rua Humberto de Campos. Também foi projetada uma ligação entre a rua Humberto de Campos, o viaduto e a Avenida Rotary, através de um viário com ciclovia costeando o Rio Ribeirão Pires. O viaduto terá extensão aproximada de 2.710 metros.

Outros Destaques

Colunistas

Otávio Zaia e o livro “Nóis sabe português”

Colunistas

AVC em crianças

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Siga-nos
Destaques
Jornada Pedagógica de Ribeirão reúne 1.200 professores
Mauá discute melhorias na Saúde
Em congresso, PSB Mauá reelege Israel Aleixo
Revista
Jornal