Ribeirão Pires
Publicado às 9h51 — 6 de abril de 2016
Reunião por verba de teleférico

O objetivo do encontro foi para tratar do andamento e da liberação de verbas das obras do Teleférico.

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região

Teleférico

Na manhã da última segunda-feira (4), o prefeito da Estância Turística de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (PMDB), esteve em reunião no DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) com o secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Sr. Roberto de Lucena. O objetivo do encontro foi para tratar do andamento e da liberação de verbas das obras do Teleférico.

Na reunião, onde também estava o ex-secretário municipal de Administração, José Vicente de Abreu, Lucena diz reconhecer a importância do equipamento para o turismo de nossa cidade e região e garantir empenho pessoal e do DADE para a continuidade e conclusão das obras.

 

O Teleférico 

Com sistema de gôndolas, muito semelhante ao que foi instalado no Santuário Nacional de Aparecida do Norte, o Teleférico de Ribeirão Pires terá finalidade turística, atraindo pessoas de todas as partes para conferir a paisagem que a cidade oferece. O equipamento interligará o Complexo Ayrton Senna com o Mirante Santo Antônio e o Parque Milton Marinho de Moraes.

A estação intermediária no Mirante Santo Antônio, além de proporcionar a vista deslumbrante de 270 graus de toda a cidade, inclusive da Represa Billings ao longe, interligará atrações como a exposição de arte sacra na escadaria do morro. Outra novidade é a construção, integrada à estação Santo Antônio, de um Café Panorâmico estilizado, com vistas para a represa e o restante da cidade, onde os visitantes poderão apreciar a paisagem, saboreando gastronomia diferenciada.

Depois desta parada, o Teleférico continuará o trajeto pelos mais 1,8 quilômetro, sobrevoando o Parque Ecológico Linear com uma área de mais de 800.000 m², por cima de mata atlântica em alto grau de regeneração, até atingir o Parque Municipal Milton Marinho de Moraes, onde os visitantes poderão conhecer o Parque Temático Automotivo, com  e outras atrações lúdicas que proporcionarão diversão, cultura e informação tanto aos turistas como também podendo servir como espaço para visitação de alunos da rede pública.

Outra potencialidade deste projeto é a conexão com o turismo náutico, pois à partir deste parque temático será instalado píer que conectará os visitantes por barco com um Templo Messiânico, chamado Torre de Miroku, que é a única reprodução em tamanho natural fora do oriente de um monumento localizado em Nara (Japão), além de interligar os demais parques e equipamentos náuticos do Grande ABC, como o Parque Estoril de São Bernardo do Campo.

O novo elemento turístico se destaca em avanço tecnológico, segurança e impacto nulo ao meio ambiente. Com design e estilo inovador, serão usadas cabines de transporte que comportam até seis pessoas. Saulo analisou parte do projeto, além de conversar sobre definição de estilo e arquitetura. “É um projeto ambicioso na área do Turismo e exige ousadia, mas de forma direcionada e bem planejada”, afirmou.

 

Outros Destaques

Colunistas

Literatura, memória nacional e ensino de língua portuguesa

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Siga-nos
Destaques
Paço de Ribeirão é alvo de assalto a caixa eletrônico
Novembro Azul: Mês marca campanha mundial de conscientização
Porcelana Schmidt abre nova loja em Mauá
Revista
Jornal