Meio Ambiente
Publicado às 9h15 — 31 de março de 2016
Cidade incentiva descarte correto de materiais

Segundo a presidente da Cooperativa, Maria Benedita Felício Mariano, ainda falta educação ambiental aos moradores

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região
Foto Ilustrativa

Foto Ilustrativa

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da secretaria de Meio Ambiente (SEMA), realizou no último ano a recontratação da empresa Cooperpires como medida emergencial de coleta seletiva no município. A empresa está atuando com nova estrutura para atender atualmente 70% da cidade, sendo 56 bairros, com o recolhimento porta a porta de plásticos, metais, papéis e vidros. Em média, 80 toneladas são coletadas mensalmente. 

Segundo a presidente da Cooperativa, Maria Benedita Felício Mariano, ainda falta educação ambiental aos moradores. “É enorme a quantidade de lixo reciclável de forma incorreta. Se cada morador descartasse da forma correta, os catadores teriam mais material para separar. Muita coisa que poderia ser reaproveitada é jogada no lixo doméstico”, explicou a presidente.

Com a revenda dos materiais, os trabalhadores da Cooperativa chegam a receber até um salário mínimo. São 24 funcionários que trabalham na separação do material, triagem, destinação adequada dos resíduos recicláveis e revenda.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Gerson Goulart, além da economia o município, o trabalho de reaproveitamento de materiais recicláveis está fortalecendo a cultura da sustentabilidade. “A coleta seletiva porta a porta estará ocorrendo numa relação de parceria solidária entre os catadores e a população, sustentando um amplo trabalho de educação ambiental”, afirmou.

Vale lembrar que em Ribeirão Pires há também a coleta de lixo eletrônico no trailer localizado na Vila do Doce (Rua Boa Vista s/n Centro). São recolhidos diversos materiais como: tomadas, secadores, sanduicheiras, computadores, impressoras, televisores, máquinas de lavar, geladeiras, entre outros objetos sem uso ou danificados.

Este trabalho tem como objetivo evitar o descarte incorreto destes resíduos, atendendo a Política Nacional de Resíduos Sólidos e ao Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. Todo material recolhido é encaminhado para a Cooperpires que faz a triagem e a destinação correta dos eletrônicos.

O trailer funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. O serviço de coleta seletiva também pode ser solicitada por telefone para atendimento à domicílio com caminhão em dia agendado. O contato é feito pelo número 4828-9118, em horário comercial.

Outros Destaques

Colunistas

Otávio Zaia e o livro “Nóis sabe português”

Colunistas

AVC em crianças

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Siga-nos
Destaques
Jornada Pedagógica de Ribeirão reúne 1.200 professores
Mauá discute melhorias na Saúde
Em congresso, PSB Mauá reelege Israel Aleixo
Revista
Jornal