Ribeirão Pires
Publicado às 11h20 — 3 de abril de 2017
Ribeirão Pires desativa duas Bases da Guarda

Base da GCM no Parque Aliança foi fechada e unidade do Centro Alto está sendo utilizada apenas administrativamente

Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região
guarda

Base do Centro Alto só funciona a Corregedoria de segunda a sexta-feira

Desde que assumiu a Prefeitura de Ribeirão Pires, o prefeito Kiko Teixeira (PSB) vem diminuindo a presença da Guarda Civil Municipal em regiões com altos índices de criminalidade. Até o momento, o mandatário indicou o fechamento da Base do Parque Aliança e a do Centro Alto. A Base de Ouro Fino, que deveria funcionar 24 horas, é alvo de reclamações.

Inaugurada em junho de 2016, a unidade do Parque Aliança foi aberta atendendo pedidos daquela população, alvo de ações marginais. Na época, o prefeito Saulo Benevides (PMDB) destacou que o equipamento iria funcionar até a meia noite, atendendo aos comerciantes da região.

A Prefeitura informou que a desativação da unidade faz parte de estudo de readequação operacional que está sendo efetuado para melhor atender os cidadãos de Ribeirão Pires. No momento, a Secretaria de Segurança Pública está incrementando ações operacionais em conjunto com as polícias Civil, Militar e com a GCM, para melhor amplitude de policiamento ostensivo nas regiões com maior incidência criminal, incluindo a região do Parque Aliança.

Outra região afetada com o desmonte das bases é o Centro Alto, localidade de muitos assaltos a pedestre e residências, bem como, roubos e furtos de veículos.

Inaugurada em meados de 2015, era reivindicação antiga da população, contribuindo para redução dos índices de crimes naquela região. Desativada pela atual Administração, abriga hoje apenas a Corregedoria da GCM.

A Prefeitura de Ribeirão Pires refutou ainda as informações de que a Base de Ouro Fino não esteja funcionando 24 horas, fechando a noite e aos finais de semana, como relatado por moradores daquela região.

Inaugurada em 14 de março deste ano, o Governo informa que desde sua inauguração, o Posto atende 24 horas. Casos pontuais, principalmente no período noturno, devem-se ao fato dos guardas civis municipais saírem em rondas com a viatura pela região.

Por Folha Ribeirão Pires

Outros Destaques

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Colunistas

Areia Branca, de Luiz Maritan

Colunistas

Curso: O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa na prática

Siga-nos
Destaques
Atila entrega chaves de apartamentos para 520 famílias
Famílias recebem chaves de moradias
Nova edição do Jornal Mauá e Região
Revista
Jornal