Ribeirão Pires
Publicado às 10h08 — 6 de junho de 2017
Vacina contra gripe será aplicada até sexta-feira

Campanha Nacional segue na rede municipal de saúde imunizando pessoas de grupos prioritários

Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região

Até essa sexta-feira, dia 9, as Unidades Básicas de Saúde de Ribeirão Pires disponibilizarão doses da vacina contra a gripe na Campanha Nacional de Vacinação contra a doença. A campanha, que teve início no dia 17 de abril, seguirá em Ribeirão Pires a orientação da Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo de manter a aplicação de doses da vacina para pessoas que fazem parte de grupos prioritários (crianças com idade entre seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos, professores do ensino básico e superior e moradores com comorbidades).

Desde o dia 2 de junho, policiais federais, Guardas Civis Municipais, doadores de sangue e de medula, trabalhadores dos Tribunais de Justiça e Fóruns, profissionais que atuam com pessoas em situação de rua, cuidadores de idosos, auxiliares de classe e demais funcionários de escolas de ensino básico e superior, funcionários de creches, e trabalhadores da limpeza urbana e coletores de resíduo também podem ser imunizados. Policiais civis e militares, bombeiros, profissionais do Corpo de Bombeiros e do Poupatempo também foram incluídos nos grupos prioritários da campanha.

No final de maio, para ampliar o índice de imunização entre crianças com cinco anos incompletos e professores, a Secretaria de Saúde e Higiene, em parceria com a Secretaria de Educação da cidade, está aplicando as doses da vacina aos alunos e profissionais, que ainda não foram vacinados, nas unidades da rede municipal.

A influenza (gripe) é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais e mundiais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas, por secreções respiratórias, pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

Unidades Básicas de Saúde – horário da vacinação (de segunda a sexta-feira, exceto feriados):

UBS CENTRAL (7h às 17h)

UBS OURO FINO (7h às 16h)

UBS SANTA LUZIA (7h às 16h)

USF QUARTA DIVISÃO (7h às 16h)

USF JARDIM LUSO (7h às 16h)

USF JD. VALENTINA (7h às 16h)

USF JD. CAÇULA (7h às 16h)

UBS VILA SUELI (7h às 16h)

UBS GUANABARA (7h às 16h)

UBS CENTRO ALTO (7h às 16h)

Outros Destaques

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Colunistas

Areia Branca, de Luiz Maritan

Colunistas

Curso: O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa na prática

Siga-nos
Destaques
Atila entrega chaves de apartamentos para 520 famílias
Famílias recebem chaves de moradias
Nova edição do Jornal Mauá e Região
Revista
Jornal