Mauá
Publicado às 10h35 — 10 de julho de 2017
Mauá libera vacinação geral contra a gripe

15 mil doses estarão disponíveis para população da cidade; campanha já vacinou 92 mil habitantes

Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região
vacina

É preciso levar carteira de vacinação e RG a um dos 23 postos da cidade para receber imunização. Crédito: Roberto Mourão

A Prefeitura de Mauá vai liberar a vacina contra a gripe para toda a população da cidade. A partir de hoje (10/7), qualquer pessoa que procurar um dos 23 postos da cidade poderá ser imunizado contra o vírus. Serão disponibilizadas 15 mil doses remanescentes da vacina, que foram disponibilizadas pelo Ministério da Saúde para a campanha deste ano, que termina nesta sexta-feira (7/7).

Anualmente, o Ministério da Saúde elabora a lista de pessoas que podem receber a vacinação gratuitamente nos postos. Neste ano, além de idosos, gestantes, crianças e pacientes crônicos, foram incluídos no grupo de risco (que pode ter maior dificuldade e complicações ao enfrentar a doença) pessoas a partir de 50 anos, profissionais da saúde, educação, assistência social e policiais. A partir de segunda, qualquer morador poderá receber uma das vacinas ainda disponíveis, basta levar ao posto de saúde a carteira de vacinação.

Durante o período da campanha, Mauá vacinou 92 mil munícipes. Os pacientes vacinados integram os grupos prioritários. O número de doses aplicadas superou a meta do Ministério da Saúde que estabelecia que a cidade devia vacinar 73 mil munícipes.

Idosos, que são um dos principais grupos prioritários de atendimento, aderiram 100% à campanha de vacinação. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde previa que deviam ser vacinados em Mauá 35.178 idosos acima de 60 anos; até sexta-feira (30/6) foram 35.500 doses aplicadas dentro do grupo, superando o esperado.

Mulheres que estão em puerpério (pós-parto) também compareceram em peso aos postos de saúde da cidade para serem imunizadas. A expectativa era vacinar 715 mulheres, mas 780 foram vacinadas, 109%.

Os profissionais da saúde também tiveram boa adesão à campanha. Foram aplicadas 7.100 vacinas no grupo, 92% do esperado. Entre as crianças foram 19.100 doses (74% do total esperado); com as gestantes foram 3 mil (70% do previsto); fecha a lista do grupo previsto para a vacinação os profissionais da educação, com 3.300 vacinas (47% do total).

Pacientes crônicos, com doenças como diabetes e asma, foram responsáveis por 20 mil imunizações, no entanto, como não é possível fazer o acompanhamento do total de casos na cidade, não há equivalente do mínimo de doses esperadas dentro do grupo em questão. Isso acontece porque basta levar o encaminhamento médico ou a receita que confirma o tratamento contínuo, que pode ser fornecido pelo convênio médico.

O restante de imunização equivale aos grupos incluídos após o início da campanha, que prevê que policiais, profissionais da defesa civil e pessoas a partir de 50 anos possam receber a imunização.

Os 23 Postos de Saúde da cidade participam da campanha de vacinação. Os postos da saúde da cidade abrem de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h.

Outros Destaques

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Colunistas

Prosa de peão, de Jerônimo de Almeida Neto

Siga-nos
Destaques
República Terapêutica infanto-juvenil faz mais um ano
Mauá oferece oficinas culinárias especiais em outubro
Santa Casa de Mauá adere à Campanha Outubro Rosa
Revista
Jornal