Mauá
Publicado às 9h39 — 11 de agosto de 2017
Mauá terá Festival de Violeiros

Prefeitura premiará composições e artistas em festa que acontece no dia 15 de setembro na cidade

Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região
Violao

O evento comemora o resgate cultural do sertanejo na cidade. Foto: Roberto Mourão/PMM

Mauá está com inscrições abertas para o 27º FEVIMA (Festival de Violeiros de Mauá). O Festival premia as melhores composições e artistas do gênero sertanejo com prêmios de até R$ 3 mil. Os artistas podem se cadastrar para participar da competição até o dia 20 de Agosto. O evento é uma parceria entra a Prefeitura, a Orquestra de violeiros de Mauá e a ONG Tryade.

A participação é aberta para músicos e artistas de todo o país e o Festival dá prêmios para as três melhores composições e também para o melhor violeiro e intérprete. O primeiro lugar deve ganhar R$ 3.000, o segundo colocado pode levar para casa R$ 2.000 e o terceiro sai com R$ 1.000. Serão ainda atribuídos os prêmios de Melhor Violeiro do Festival e de Melhor Intérprete, sendo que cada um receberá R$ 500.

As informações sobre a competição e o formulário de inscrição estão disponíveis no www.maua.sp.gov.br. Os artistas podem mandar as composições por meio de link no youtube ou mídias eletrônicas como mp4, entre outros. Serão escolhidos 25 artistas para participar das eliminatórias, sendo que desse total, cinco serão suplentes. Serão duas etapas de apresentação para definir os competidores que participarão da final, marcadas para 2 e 9 de setembro, em Mauá.

Já a final acontecerá no dia 15 de setembro, durante a Festa dos Povos, que acontece no Paço Municipal de Mauá. Serão dez apresentações no evento para definir os campeões.

O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, diz que o evento comemora o resgate cultural do sertanejo na cidade. Neste ano, a data, comemorada no dia 3 de maio, foi incluída no calendário da cidade por Atila. “Queremos valorizar nossos artistas. A cultura do nosso povo. Para nós é um prazer poder ter um evento desse porte. Mostrar que arte tem espaço na nossa querida Mauá e pode e dever ser passada de pai para filho.”, diz o prefeito Atila.

Outros Destaques

Colunistas

Otávio Zaia e o livro “Nóis sabe português”

Colunistas

AVC em crianças

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Siga-nos
Destaques
Jornada Pedagógica de Ribeirão reúne 1.200 professores
Mauá discute melhorias na Saúde
Em congresso, PSB Mauá reelege Israel Aleixo
Revista
Jornal