Mauá
Publicado às 9h10 — 6 de outubro de 2017
Atila garante catraca livre a usuários com direito

Acompanhantes também ganham o benefício de poder usar o ônibus municipal quantas vezes precisarem no mesmo dia

Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região
Pass Livre

Com a mudança, Atila revoga decisão do governo anterior que limitava o número de viagens permitidas aos beneficiários. Foto: Roberto Mourão/PMM

Catraca livre. O prefeito de Mauá Atila Jacomussi liberou passagens gratuitas para pessoas idosas, com deficiência e portadoras de doenças crônicas. A ação foi concretizada nesta quinta-feira (5/10) com revogação de resolução de janeiro de 2016, que limitava a gratuidade para apenas duas viagens ao dia.

“Fizemos justiça. Pessoas idosas, com deficiência e doenças crônicas enfrentam um desafio permanente. É por isso que estamos garantindo este direito a este grupo de pessoas, uma ação que faz parte da nossa política de criar uma cidade cada vez mais solidária e acolhedora. Agora as passagens de graça são ilimitadas, essas pessoas vão poder viajar no ônibus municipal quantas vezes quiserem ao dia”, diz Atila.

Mauá possui mais de 160 mil usuários diários do sistema municipal de ônibus, dentro deste grupo, em torno de 20 mil pessoas serão beneficiadas com o fim da limitação nas gratuidades gratuidade. As novas regras passam a valer a partir da próxima segunda-feira (9/10).

Atila também liberou a gratuidade sem limites de viagens aos acompanhantes de pessoas idosas, com deficiência e doentes crônicos. Atualmente são cerca de 8 mil cadastros de deficiente, mais acompanhantes, e 12 mil idosos. Não será necessário fazer novo cadastro, a mudança será automática e feita pelo sistema SIM.

Para novos cadastros é precisa ir à loja SIM, que fica no Terminal Rodoviário Central, com documentos pessoais (RG e CPF), comprovante de residência e declaração reconhecida em cartório que confirme a necessidade de gratuidade no caso de doenças crônicas ou deficiências.

Com a mudança, Atila revoga decisão do governo anterior que limitava o número de viagens permitidas aos beneficiários da gratuidade a duas por dia. “Estamos tornando Mauá uma cidade mais solidária, mais acolhedora e que respeita o seu povo. Esse benefício garante que essas pessoas possam cumprir compromissos de rotina, como ir ao médico”, diz Atila.

Outros Destaques

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Colunistas

Prosa de peão, de Jerônimo de Almeida Neto

Siga-nos
Destaques
República Terapêutica infanto-juvenil faz mais um ano
Mauá oferece oficinas culinárias especiais em outubro
Santa Casa de Mauá adere à Campanha Outubro Rosa
Revista
Jornal