Mauá
Publicado às 11h32 — 1 de abril de 2015
Donisete eleito presidente da Agência Desenvolvimento

Prefeito de Mauá irá liderar ações da entidade no biênio 2015-2017. Professor Joaquim Celso Freire Silva permanece na vice-presidência

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região
Foto: Roberto Mourão

Foto: Roberto Mourão

Na tarde de ontem (31), o prefeito de Mauá, Donisete Braga, foi eleito novo presidente do Conselho Diretor da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, durante Assembleia Geral da entidade. O chefe do executivo mauaense assume posto ocupado no biênio de 2013-2015 pelo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques. O atual vice-presidente do Conselho Diretor, professor Joaquim Celso Freire Silva, da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), foi reeleito ao cargo. A nova diretoria assume em abril o mandato de dois anos.

“É uma grande responsabilidade assumir a presidência da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC. Tudo o que se discute aqui em termos de políticas públicas torna-se referência para o Estado e para o país. Acredito que podemos produzir nesse novo biênio uma governança na busca pelo interesse comum da sociedade e também direcionada ao fortalecimento das políticas econômicas, para fazer com que a região continue crescendo”, declarou Braga.

Durante a Assembleia, o sindicalista Rafael Marques falou sobre seu mandato à frente da entidade, listando desafios do período e conquistas. “A Agência tem papel estratégico para a região. Conseguimos nesse último biênio trazer relevância à entidade como articuladora de importantes ações”, afirmou Marques.

“Desde 2013, a Agência concentra esforços para fortalecer as cadeias produtivas regionais, como forma de manter e estimular a recuperação de emprego. Isso inclui a capacitação de empresas, principalmente de médio e pequeno porte, o estimulo ao incremento tecnológico e à competitividade, e a qualificação da mão de obra. Pensamos e executamos essas ações seguindo as metas estipuladas pelo planejamento, que nos deu parâmetros para trabalhar”, explicou, mencionando o Planejamento Estratégico da Agência elaborado em 2013, com vigência de quatro anos.

O secretário-executivo da Agência GABC, Giovanni Rocco, apresentou durante a Assembleia balanço das ações realizadas no período. Entre os projetos destacados está o estudo sobre o potencial competitivo da região para a cadeia de defesa, que irá preparar os municípios para as oportunidades do setor.

“Trabalhamos diariamente para superar desafios. Acreditamos no potencial de nossa região e temos a dimensão do que é o Grande ABC, forte o suficiente para se manter referência para o país. Com a união dos principais atores e lideranças, estamos indo contra a corrente pessimista e aproveitando, mais do que oportunidades de recuperação, os novos ventos que sopram em nosso favor”, disse.

Principais projetos e ações da Agência GABC no biênio 2013-2015:

ABC Inovação:

Convênio com o Sebrae Nacional. 460 micro e pequenas empresas beneficiadas. Mais de 25 mil horas de consultorias. 78 consultorias tecnológicas, com certificações de ISO 9000, calibrações de instrumentos e outras melhorias. Status: concluído. Investimento: cerca de R$ 3 milhões.

INOVA ABC:

Nova etapa do ABC Inovação. Convênio entre Sebrae SP e Nacional, Agência e Consórcio. Consultorias com objetivo de aprimorar processos em 700 micro e pequenas empresas da região. Status: em análise pela diretoria Sebrae SP. Investimento: cerca R$ 9 milhões.

Programa Nacional de Desenvolvimento de Fornecedores (PNDF) do MDIC:

Realizado na região pela Agência GABC em parceria com a Arteb. 25 indústrias de pequeno e médio portes da cadeia de fornecedores da sistemista Arteb poderão se adequar aos requisitos das grandes empresas. Atividades: consultorias para a implementação de melhorias de gestão e processos. Criação de Portal de Negócios. Status: Plano de trabalho do Programa aprovado pelo MDIC. Em fase de encaminhamentos administrativos. Investimento: cerca de R$ 1,2 milhão, com contrapartida da Agência – cerca de R$ 100 mil.

Projeto de Adensamento e Complementação Automotiva no Âmbito do Mercosul (Focem Auto):

Cerca de 100 indústrias participantes – Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. 25 empresas na região. Iniciado por parceria entre ABDI e Consórcio Intermunicipal GABC. Agência GABC entrou com apoio ao projeto. Atividades: rodada de negócios, capacitação de quadro técnico e tecnológica, oficinas de boas práticas e consultorias. Status: 1ª etapa executada. Resultados apresentados pela ABCI em março/15 no Consórcio.

Plano Regional de Educação Profissional e Tecnológica e Pronatec Brasil Maior:

Agência iniciou neste ano levantamento de dados para a estruturação do Plano. Realização de reuniões nos sete municípios: identificar quantidade de pessoas qualificadas e cursos ofertados. Criação de comitês regionais para debater questões relacionadas à qualificação. Apresentação dos dados ao Observatório de Políticas Públicas do Consórcio em abril/15. Aprimorar Pronatec Brasil Maior, que no Grande ABC é realizado por convênio entre Governo Federal e Agência GABC. Em 2013, mais de 30 mil vagas demandas por empresas.

Cadeia de defesa:

Projeto de análise do potencial competitivo da região para a cadeia de defesa. Em cenário de novos negócios, identificar quem são principais atores e como a estrutura do ABC pode ser aproveitada. Status: primeira etapa do projeto concluída. Parceria entre Agência GABC, Consórcio e Sindicato MABC. Investimento: cerca de R$ 180 mil na primeira etapa.

Programa de Desenvolvimento Econômico e Turismo do PPA Regional:

Convênio entre Consórcio Intermunicipal GABC e Agência GABC. Ações: estudo do potencial da Represa Billings para esportes náuticos; estudo do impacto da Linha 18 – Bronze – do Metrô no ABC; Inventário Tecnológico; workshop de turismo industrial; site ABCTur. Status: cinco dos sete produtos do convênio entregues. Duas ações – evento sobre Billings e guia de turismo – serão executadas no convênio entre entidades em 2015. Investimento: cerca de R$ 200 mil.

Integração Universidade – Empresa:

Agência trabalha para aproximar universo acadêmico e setores produtivos. Auxiliar nas necessidades das empresas da região por inovação. Conectar essa demanda ao potencial de pesquisa e desenvolvimento dos centros e agências de inovação das universidades do ABC – UFABC, FEI e Mauá. Status: ação contínua.

Investimento em inovação:

Agência reestruturou equipe de consultores que visitam empresas e identificam oportunidades de inovação. Profissionais orientam sobre linhas de crédito disponíveis junto à instituições como FINEP, BNDES e Caixa Econômica Federal. Participação em eventos para divulgar possibilidades. Status: ação permanente. Agência GABC irá intensificar diálogo junto às instituições de fomento – ampliar oferta de crédito.

Incubadoras:

Incentivo a novos empreendimentos. Convênio com prefeituras de Santo André (InNova) e Mauá (Barão de Mauá). 15 empresas incubadas nas duas cidades. Projetos nas áreas de saúde, ambiental, tecnológica, educacional e química. Status: ação permanente. Modelo de incubação sendo reavaliado para projeto de reestruturação.

Sobre a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC:

A Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC foi criada em outubro de 1998 com a missão de unir as forças de instituições públicas e privadas para promover o desenvolvimento econômico sustentável do Grande ABC.

Estabelecida como uma Associação Civil de Direito Privado, com fins não econômicos, a Agência tem em seu quadro de associados o Consórcio Intermunicipal Grande ABC (representando as sete Prefeituras da região), a Braskem, empresa do Polo Petroquímico, as principais instituições de ensino superior regionais, as Associações Comerciais e Industriais da região e sindicatos.

Essas entidades estão representadas no Conselho Diretor, instância máxima de deliberação. A gestão executiva é conduzida por um Diretor Presidente, eleito pelo Conselho Diretor, para um mandato de dois anos.

Com 51% de seu capital sob controle do setor privado e 49% de instituições públicas, a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC foi constituída para atuar como o braço tático e operacional do Consórcio Intermunicipal, em especial nos assuntos relacionados ao desenvolvimento econômico.

Outros Destaques

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Colunistas

Prosa de peão, de Jerônimo de Almeida Neto

Siga-nos
Destaques
República Terapêutica infanto-juvenil faz mais um ano
Mauá terá clube de leitura Leia Mulheres em Outubro
Atila repassa recursos à APASMA
Revista
Jornal