Mauá
Publicado às 9h04 — 18 de agosto de 2015
Nardini participa de Encontro de Educação Ambiental

Evento abriu espaço para exposição e debate de iniciativas sustentáveis nos serviços de Saúde

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região

Nardini Participa

Mais uma vez o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini, de Mauá, marca presença em iniciativas que promovem a discussão de temas ligados à responsabilidade ambiental na área da Saúde. Nos dias 11, 12 e 13 de agosto, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) sediou o 1º Encontro de Educação Ambiental do Grande ABC, realizado no Teatro Municipal de Santo André. O Hospital Nardini, por meio do Núcleo de Proteção e Vigilância, inscreveu trabalho que expôs as ações desenvolvidas na área e ajudaram a qualificar a saúde ambiental no contexto hospitalar.

O equipamento mauaense, referência de média complexidade hospitalar para a microrregião de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, foi o único representante das instituições de Saúde do Grande ABC inscrito no evento.

Com o objetivo de discutir soluções e esclarecer o atual momento vivido pelas sete cidades do Grande ABC, o evento foi organizado em três eixos: Proteção, Conservação e Recuperação Ambiental; Tecnologia, Sustentabilidade e Participação; e Saúde Ambiental. Oito palestras foram apresentadas e seguidas de debates, além de trabalhos orais, inscritos e selecionados previamente. O evento reuniu cerca de 300 acadêmicos e profissionais da área.

“A participação do Hospital Nardini trouxe a grande oportunidade de, além de divulgar os trabalhos realizados, reforçar nosso compromisso em trabalhar cada vez mais a sustentabilidade na instituição, contribuindo assim com a redução dos impactos no meio ambiente, uma vez que as problemáticas ambientais estão diretamente ligadas à qualidade de vida e saúde do ser humano”, analisa a responsável pelos projetos socioambientais do hospital, Ecimara dos Santos Silva.

Entre as iniciativas sustentáveis já consolidadas no hospital estão a substituição dos termômetros e esfigmomanômetros de mercúrio (medidores de temperatura e pressão arterial, respectivamente); implantação do sistema de revelação de imagem diagnóstica digitalizada (sem uso de materiais químicos lesivos ao meio ambiente); coleta de materiais recicláveis (papel, plástico e papelão); recolhimento de pilhas e baterias e redução na geração de resíduos químicos na Central de Material Esterilizado e Ambulatório.

Para gerenciar e articular estas iniciativas, o hospital nomeou uma Comissão Multidisciplinar de Gerenciamento de Resíduos composta por funcionários de setores como enfermagem, farmácia, higienização, nutrição, laboratório, administrativo e segurança do trabalho.

No planejamento também constam as tarefas de reduzir consumo de recursos naturais de forma consciente, comprar e oferecer alimentos saudáveis de forma sustentável e promover descarte adequado de medicamentos.

Histórico – Há dois anos o Hospital Dr. Radamés Nardini conquistou o Prêmio Amigo do Meio Ambiente, concedido pela Secretaria de Saúde do Estado aos prestadores de serviço de saúde do SUS de todo o Brasil que desenvolvem iniciativas de sustentabilidade socioambiental.

As ações de promoção à Saúde Ambiental começaram a ser executadas em 2010, quando o hospital consolidou adesão à campanha “Cuidado de Saúde Ambientalmente Responsável”, da rede Saúde Sem Dano. Em 2013, ao se tornar membro da Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis, o hospital assumiu o compromisso de trabalhar os objetivos da Agenda Global Hospitais Verdes e Saudáveis, que estabelecem as diretrizes para desenvolver os trabalhos buscando o desenvolvimento sustentável nas instituições que prestam serviços de saúde.

As ações de promoção à Saúde Ambiental começaram a ser executadas em 2010, quando o hospital consolidou adesão à campanha “Cuidado de Saúde Ambientalmente Responsável”, da rede Saúde Sem Dano. Em 2013, ao se tornar membro da Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis, o hospital assumiu o compromisso de trabalhar os objetivos da Agenda Global Hospitais Verdes e Saudáveis, que estabelecem as diretrizes para desenvolver os trabalhos buscando o desenvolvimento sustentável nas instituições que prestam serviços de saúde.

Outros Destaques

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Colunistas

Areia Branca, de Luiz Maritan

Colunistas

Curso: O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa na prática

Siga-nos
Destaques
Atila entrega chaves de apartamentos para 520 famílias
Famílias recebem chaves de moradias
Nova edição do Jornal Mauá e Região
Revista
Jornal