Mauá
Publicado às 11h13 — 12 de maio de 2016
Cidade lança a campanha “Vilões do Esgoto”

Mauá foi uma das cidades brasileiras que mais avançou na expansão

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região

Cidade Lança

A unidade de Mauá da Odebrecht Ambiental, inicia na próxima semana a campanha “Vilões do Esgoto”, alertando a população da cidade para a importância de não jogar no vaso sanitário e em pias materiais que possam causar entupimento da rede de esgoto, como fio dental, cabelo, entre outros. A campanha educativa terá veiculação na rádio Z FM, página da concessionária, folder explicativo e mídias sociais ao longo dos próximos 30 dias. As dicas estão no site desenvolvido especialmente para a campanha www.viloesdoesgoto.com.br.

Mauá foi uma das cidades brasileiras que mais avançou na expansão dos serviços de esgoto no último ano. A Estação de Tratamento de Esgoto da cidade iniciou sua operação em maio de 2015 e em dezembro do mesmo ano atingiu o índice de 50% de tratamento do esgoto coletado no município. Vale ressaltar que a cidade já atende com coleta de esgoto 92% da população.

Esse avanço se deu a partir da construção e operacionalização da Estação de Tratamento de Esgoto em dezembro de 2015 e após a realização de investimentos para as interligações das redes públicas coletoras de esgoto aos Coletores tronco, implantados em todas sub-bacias que margeiam os principais córregos do município.

Porém, para continuar avançando, conquistar a despoluição do rio Tamanduateí e evitar extravasamentos (retorno de esgoto para dentro dos imóveis), a concessionária depende da colaboração de cada morador da cidade. A rede de esgoto não existe para servir como depósito de lixo. Papel higiênico, fio dental, plástico, absorventes, pedaços de pano e até os fios de cabelo acabam obstruindo a passagem do esgoto e fazendo com que ele retorne para a casa ou provoque vazamentos na rua, onde estão localizados os poços de visita.

O fio dental, por exemplo, quando jogado no vaso sanitário ou no ralo da pia, se transforma numa grande rede que agarra em outros dejetos, entupindo e danificando o encanamento. Uma atitude simples, que é jogar o fio dental no lixo, evita o problema. Por sua vez, os fios do cabelo vão deslizando pelo ralo do chuveiro e se juntando, formando uma grande bola, que entope a rede e prende tudo o que passa por ali. A dica, então, é não deixar que os fios se juntem no ralo, recolhendo e descartando na lata de lixo. Acesse viloesdoesgoto.com.br e elimine essa ameaça!

Outros Destaques

Colunistas

Literatura, memória nacional e ensino de língua portuguesa

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Siga-nos
Destaques
Paço de Ribeirão é alvo de assalto a caixa eletrônico
Novembro Azul: Mês marca campanha mundial de conscientização
Porcelana Schmidt abre nova loja em Mauá
Revista
Jornal