Mauá
Publicado às 10h12 — 17 de abril de 2017
Superintendente do Nardini deixa o cargo
Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região

nardini

Quase dois meses depois de trocar a chefia da Secretaria de Saúde de Ribeirão Pires para assumir a superintendência do Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, em Mauá, Ricardo Carajeleascow deixou o posto de direção do complexo.

O desligamento ocorreu no dia 30 e, formalmente, quem está interinamente responsável pelo equipamento é Cida Damaia, ex-secretária adjunta de Saúde de Santo André e ex-presidente da FUABC (Fundação do ABC). Atualmente, ela dirige o Hospital Irmã Dulce, na Praia Grande.

Assim como Cida, Ricardo foi atuar em cargo na unidade do Litoral, também mantida pela Fundação do ABC. O governo do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), alegou que a saída do então superintendente do Nardini – médico ginecologista – se deu de forma harmônica e, a pedido de Ricardo, que teria aproximação com o prefeito de Praia Grande, Alberto Pereira Mourão (PSDB), hoje no quinto mandato.

O Diário apurou, contudo, que o então superintendente do Nardini teria tido divergências com a diretora administrativa e financeira da entidade, Lucy de Souza Lima. Fontes do Paço mauaense ouvidas pela equipe de reportagem relataram que Ricardo teria ficado insatisfeito com as ingerências da dirigente.

Outros servidores também teriam entrado em conflito com Lucy. O Diário mostrou no dia 11 que funcionários ligados ao ex-vice-prefeito Paulo Eugenio Pereira Júnior (PT) e que chegaram a fazer campanha abertamente para o petista na eleição municipal de 2016 – foi candidato a vereador, mas perdeu – foram exonerados. Quando chefiou a Pasta da Saúde na cidade, Paulo Eugenio e Lucy se desentenderam. Terceirizados pela FUABC, os servidores relataram problemas para receber direitos trabalhistas.

Ricardo trocou a gestão do prefeito de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSB), em fevereiro, para assumir a direção do Complexo de Saúde de Mauá, que inclui o Nardini, por indicação da FUABC.

O Paço ainda não anunciou oficialmente quem será o substituto. Após o pedido de demissão, a presidente da Fundação, Maria Bernadette Zambotto Vianna, indicou Cida Damaia para responder provisoriamente pelo equipamento. A indicação, porém, não teria agradado o núcleo duro do governo de Atila. A interinidade no posto, justamente por conta deste impasse, não chegou a se concretizar na prática.

DESGASTE
Internamente, ventila-se o nome de Eduardo Grecco, ex-adjunto do Hospital Estadual Mário Covas e atual superintendente do Ame (Ambulatório Médico de Especialidades) de Mauá, para substituir Ricardo no comando do Nardini. Como antecipou o Diário no dia 31, Grecco, que é genro do ex-prefeito de São Bernardo William Dib (sem partido), sofre desgaste no cargo depois das derrotas eleitorais dos aliados do ex-prefeito em outubro.

Por Júnior Carvalho – Diário do Grande ABC

Outros Destaques

Colunistas

AVC em crianças

Colunistas

A Sociologia dos Trópicos

Colunistas

Areia Branca, de Luiz Maritan

Siga-nos
Destaques
Início às obras do Centro de Iniciação ao Esporte
Mauá registra queda na criminalidade em maio
Sai a lista das atrações do Festival do Chocolate
Revista
Jornal