Mauá
Publicado às 11h04 — 4 de outubro de 2017
República Terapêutica infanto-juvenil faz mais um ano

O espaço já atendeu cerca de 35 crianças e adolescentes vulnerabilizados pelo histórico familiar e social de violação de garantias de direitos.

Por Vinicius Pinheiro | Portal Mauá e Região

maua

Uma das poucas unidades em todo Brasil especializada no atendimento de crianças e adolescentes em situação vulnerável culminado em um uso abusivo de drogas, a República Terapêutica infanto-juvenil de Mauá completa mais um ano de existência neste 3 de outubro.

Serviço oferecido pela Prefeitura para acolher jovens entre 10 e 18 anos, é uma alternativa especializada, entendendo caso a caso, ofertando cuidado singular e, principalmente, em apoio ao Caps AD III, no manejar tão frágil e complexo da infância.

O espaço já atendeu cerca de 35 crianças e adolescentes vulnerabilizados pelo histórico familiar e social de violação de garantias de direitos. Pessoas diferentes, cada uma com seu sofrimento e histórias, mas com pouca idade.

Graças ao trabalho de seus profissionais e o apoio da Secretaria de Saúde, a casa possibilita a essas crianças serem crianças de fato e por direito. Através da República Terapêutica infanto-juvenil, a gestão Um Novo Tempo aposta no cuidado na sua forma mais humana e legítima para transformar Mauá em uma cidade cada vez mais solidária e acolhedora.

Outros Destaques

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Colunistas

Prosa de peão, de Jerônimo de Almeida Neto

Siga-nos
Destaques
Posto do IML em Mauá será reativado depois de 20 anos
Mauá oferece oficinas culinárias especiais em outubro
Santa Casa de Mauá adere à Campanha Outubro Rosa
Revista
Jornal