Colunistas
Publicado às 10h59 — 19 de abril de 2016
Os Mamonas voltaram e Dinho vive!

Há vinte anos cinco garotos de Guarulhos viravam a música brasileira de ponta cabeça

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região

Dinho

Assisti com espanto O Musical Mamonas, Dinho passeia pelo palco e interage com a mesma energia de 1996 e quem viu a meteórica carreira dos meninos de Guarulhos apronte os lenços pra chorar de rir, cantar e perceber sobretudo que os Mamonas em suas verves irreverentes é exatamente o que nos falta nesse momento de tensão e caretice. Em tempo! Eles voltaram!

Há vinte anos cinco garotos de Guarulhos viravam a música brasileira de ponta cabeça. Em uma carreira meteórica os “Mamonas Assassinas” fizeram história por sua irreverência, conquistando o país através de um escracho rock’n roll combinado com diversos ritmos e letras bem humoradas. Os mesmos jovens que encantaram, também comoveram pela maneira abrupta que tiveram suas carreiras interrompidas.

Agora imagine se os Mamonas pudessem contar sua própria história?

É exatamente assim que o autor Walter Daguerre (mesmo autor do musical Jim, sobre Jim Morrison) estrutura o texto e como resultados temos uma ótima interação de metateatro que a todo tempo nos leva a mais inocente emoção e logo em seguida nos alerta que é teatro, o que provoca o riso, o distanciamento para vermos com isenção O Musical Mamonas.

A direção do premiado José Possi Neto, é irreverente e cria momentos para lá de belas, sendo a maior e melhor delas a cena em que os garotos Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sergio ganham do produtor Rick Bonadio ingressos para um show de rock de Engenheiros do Hawaii. Essa cena é o núcleo da célula, pois o diretor mostrando a que veio, fala de um momento de desesperança em que vivíamos no cenário de 1996 e o discurso do jovem se manifesta por meio da música, cantada com arranjos diferentes do original e com melodia que nos leva as lagrimas! E logo em seguida seguimos no escracho, na paródia dos Mamonas. A peça mostra-nos um cenário musical da época com sucessos retumbante do Sertanejo “chore por mim” e tantas outras canções de pagode.

O elenco faz jus! Ruy Brissac nasceu quando os Mamonas surgiram e traz a mesma energia, talento e graça de Dinho! Adriano Tunes arrasa como o candidato a político de Guarulhos e Yudi Tamashiro garante o riso e o espanto de sua performance. Ainda: Elcio Bonazzi e Arthur Ienzura, todos todos ótimos. Alem do grande elenco.

O Musical Mamonas é em primeiro lugar, uma grande brincadeira com o gênero musical biográfico. Convocados pelo anjo Gabriel para uma importante missão – dar um jeito na caretice que tomou conta da vida dos brasileiros – Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sergio resolvem contar em um musical como conseguiram passar pelo estreito funil do show business: na base da persistência e da corajosa aceitação de suas personalidades um tanto quanto divertidas.  O espetáculo traz ao público de maneira despojada e divertida a trajetória da banda desde sua “Utopia”, até a transformação desta na realidade dos “Mamonas Assassinas”, passando por todas as músicas do primeiro e único álbum de estúdio da banda até o apoteótico show no histórico “Thomeuzão” em Guarulhos.

Com direção musical de Miguel Briamonte e coreografias de Vanessa Guillen, o musical traz também músicas de bandas que fizeram a cabeça dos cinco rapazes e marcaram a década de noventa, como Titãs, Legião Urbana, Engenheiros do Hawaii, Guns’n Roses, Rush e ainda reserva espaço para paródias e músicas originais compostas para o espetáculo O Musical Mamonas.  

Não deixe de ver Ruy Brissac como Dinho, vá brincar e perceber o quanto estamos caretas e antiquados, vá perceber nossas mazelas políticas de 20 anos atrás. É possível ver pais e filhos pulando pela mesma alegria!

Serviço

O MUSICAL MAMONAS

Teatro Fecomércio – Sala Raul Cortez (512 lugares)

Rua Dr. Plínio Barreto 285 – Bela Vista

Informações: 3254.1631

Bilheteria: terça a quinta das 14h às 20h; sexta a domingo a partir das 14h. Aceita todos os cartões de débito e crédito. Não aceita cheque. Ar condicionado e acesso para deficientes. Estacionamento do teatro: R$ 20

Vendas: (11) 2626-5286 – www.compreingressos.com

 

Quinta e Sábado às 21h | Sexta às 21h30 | Domingo às 19h

 Ingressos:

R$ 120

(Desconto de 50% para clientes Banco do Brasil Seguridade: Clientes com seguros, previdência ou capitalização do Banco do Brasil. Os clientes com previdência ainda são isentos da taxa de conveniência)

Duração: 120 minutos

Recomendação: 12 anos

Gênero: musical

 Estreou dia 11 de Março de 2016

 Temporada: até 29 de Maio

Outros Destaques

Colunistas

Literatura, memória nacional e ensino de língua portuguesa

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Siga-nos
Destaques
Paço de Ribeirão é alvo de assalto a caixa eletrônico
Estamos em Manutenção Programada. Retornamos em 2018
Porcelana Schmidt abre nova loja em Mauá
Revista
Jornal