Educação
Publicado às 13h44 — 25 de abril de 2016
Alunos da Apraespi estão há duas semanas sem transporte do Estado

284 crianças e adolescentes da região do Grande ABC são prejudicadas

Por Leonardo Ratti | Portal Mauá e Região
Foto: A superintendente da Apraespi, Lair Moura e pais de alunos em frente à Secretaria Estadual de Educação

Foto: A superintendente da Apraespi, Lair Moura e pais de alunos em frente à Secretaria Estadual de Educação

Há quase duas semanas sem acesso ao serviço de transporte escolar, oferecido pelo governo estadual, 284 alunos com deficiência – incluindo usuários de cadeiras de rodas – enfrentam dificuldade para receber atendimento educacional na Apraespi (Associação de Prevenção, Atendimento Especializado e Inclusão da Pessoa com Deficiência). Alguns não estão frequentando as aulas por falta de condições das famílias em levá-los à associação.

A empresa vencedora da licitação para prestar os serviços de transporte escolar, contratados pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, havia desistido do negócio no início do mês. Desde então, ainda não foi estipulado prazo para abertura de nova licitação.

Insatisfeitos com a situação, pais de alunos, em acordo com a Apraespi, organizaram um protesto para a manhã da última quarta-feira (20), na entrada da Diretoria de Ensino, em Mauá. A entidade afirmou ter cobrado uma posição do órgão estadual nos últimos dias, mas ainda não obteve resposta oficial.

Para cobrar urgência no caso, a superintendente da Apraespi, Lair Moura, marcou uma audiência na Secretaria Estadual de Educação para o mesmo dia, no período da tarde. “Não podemos admitir que os alunos fiquem tanto tempo sem frequentar as aulas porque o governo não está cumprindo com o seu dever”, completou.

“Uma criança com deficiência que fica duas semanas sem frequentar a escola tem seu aprendizado seriamente prejudicado. Um atraso como esse compromete todo o ano letivo”, explica a diretora escolar da Apraespi, Luiza Nunes.

Outros Destaques

Colunistas

Literatura, memória nacional e ensino de língua portuguesa

Colunistas

Entrevista exclusiva com o Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva

Colunistas

Cadê você?, de Tainá Roberta

Siga-nos
Destaques
Paço de Ribeirão é alvo de assalto a caixa eletrônico
Novembro Azul: Mês marca campanha mundial de conscientização
Porcelana Schmidt abre nova loja em Mauá
Revista
Jornal